RPPN: os brasileiros pela beleza natural do Brasil

RPPN: Reserva Particular do Patrimônio Natural. Seria essa a solução para a proteção e conservação do meio ambiente?

Nossa legislação ambiental é uma das melhores do mundo. Porém, como todos sabem, nem tudo aquilo que está no papel é aplicado de verdade. Há muita corrupção envolvida na proteção e conservação das nossas florestas. Ninguém nunca realmente saberá o que acontece por trás do artigo 225 da nossa Constituição Federal:
Art. 225. Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá- lo para as presentes e futuras gerações.

Atualmente, a natureza do Brasil conta com 312 Unidades de Conservação federais (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade). Veja no mapa:

brasilFOTO: Ministério do Meio Ambiente

Só que ainda é muito pouco, para a ampla área verde e pela vasta biodiversidade que temos [por enquanto].  O desmatamento da Amazônia e da Mata Atlântica é “estável”. Não é para ser estável. É para NÃO TER DESMATAMENTO. O Cerrado brasileiro já está praticamente condenado. Em alguns anos a característica mancha de vegetação seca, porém cheia de vida e diversidade, no mapa do Brasil não passará de uma mancha sem vida e apática, moldada pela ganância e pela vontade de crescer economicamente ACIMA DE TUDO. Não estou falando nenhuma bobagem, confira aqui e tire suas próprias conclusões.

charge desmatamento

Por outro lado, a maioria da população sabe o quanto é importante preservar e proteger as florestas e toda a vida que reside nelas. É nesse ponto que eu queria chegar: as RPPN’s.
Antes, vamos esclarecer do que se trata uma RPPN:
“As Reservas Particulares do Patrimônio Natural, também conhecidas como RPPN, são áreas de conservação ambiental em terras privadas, reconhecidas pelo SNUC como uma categoria de Unidade de Conservação. A RPPN é criada a partir da vontade de proprietário, que assume o compromisso de conservar a natureza, garantindo que a área seja protegida para sempre, por ser de caráter perpétuo.” (Cadastro Nacional de RPPN’s).

Os números atuais configuram 614 RPPN’s espalhadas por uma área de 481491.55 ha em todo o território nacional. Em comparação ao número de Unidades Federais, podemos perceber que o destino da nossa beleza natural está por nossa conta.
É uma mistura satisfação e orgulho a sensação de saber que, por mais alarmantes que sejam os números do desmatamento, a população ainda têm fé e corre atrás do prejuízo. Ainda há uma faísca de esperança no coração dos brasileiros.

Tudo o que se relaciona à criação e manejo de uma RPPN pode ser encontrado na Legislação Ambiental brasileira e os “finalmentes”, ou seja, o processo para a criação da reserva é controlado pelo Instituto Chico Mendes.

A natureza do nosso país é muito rica e muito bonita para acabar assim, de forma tão trágica. A mensagem que fica é que se você puder e tiver condições de proteger um pedaço de mato, não importa o tamanho (o que interessa é sua importância ecológica e sua biodiversidade), crie uma RPPN. Adote uma porção de vida. Só quem tem a vida ameaçada sabe a importância de viver. Você receberá em troca muito mais do que um pedacinho de mato intocável. Você terá como recompensa qualidade de vida e de espírito.

Inspire-se: ICMBIO, ReservasParticulares.org

Sobre Anita Burgan

Anita Burgan é uma bióloga que continua a cada dia mais fascinada com esse mundo que nos cerca. Gosta de escrever sobre aquilo que lê diariamente, principalmente assuntos relacionados à biologia e ao meio ambiente. Fã de uma generosa caneca de café (misturado com água, [estranho hábito que seus amigos reprovam]), de bons livros e de conversas aleatórias. Possui peculiaridades, como medo de louva-a-deus, adoração por pipoca com chocolate, além da capacidade de imitar a Marília Gabriela!

Publicado em julho 7, 2013, em 4 a Better World e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: