E se ao invés de jazer em um túmulo você se tornasse uma árvore quando morresse?

É isso mesmo.
O designer espanhol Gerard Moline patenteou a ideia de uma urna biodegradável, onde as cinzas do falecido serão depositadas em um recipiente biodegradável juntamente com as sementes de uma árvore escolhida em vida.
Não é um máximo?

bios2Fonte: bigthink

A urna, denominada Bios Urn, é feita a partir de casca de coco, turfa compactada e celulose. Juntamente com esses componentes, irão as cinzas do falecido e as sementes da árvore escolhida.

Fonte: bigthink

Particularmente, acho um fim digno.

Leia mais em HypeScience e em BigThink

Sobre Anita Burgan

Anita Burgan é uma bióloga que continua a cada dia mais fascinada com esse mundo que nos cerca. Gosta de escrever sobre aquilo que lê diariamente, principalmente assuntos relacionados à biologia e ao meio ambiente. Fã de uma generosa caneca de café (misturado com água, [estranho hábito que seus amigos reprovam]), de bons livros e de conversas aleatórias. Possui peculiaridades, como medo de louva-a-deus, adoração por pipoca com chocolate, além da capacidade de imitar a Marília Gabriela!

Publicado em agosto 7, 2013, em 4 a Better World e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: