Conheça a lagosta-boxeadora: um dos animais mais violentos do planeta

Pra você que ficou rindo do título do post, prepare-se: você está prestes a conhecer um bicho terrível, medonho, perigoso, sinistro, inclemente, iracundo, torvo, maquiavélico. Um dos bichos mais lazarentos que esse planeta abriga: Odontodactylus scyllarus, a lagosta-boxeadora.

olhobonito29Foto: MundoInteressante

Você deve ter pensado “OWNTTT,  AWNN, MI MI MI”, mas não se engane, meu caro. Todas essas cores e esses olhos sedutores estão à sua espreita, esperando para lhe dar um “boxe” na primeira oportunidade! Vamos começar com uma breve descrição dessa ominosa criatura.

Os olhos
Nós, seres humanos, contemos milhões de células fotorreceptoras nos olhos, entre elas os cones, que são as que nos permitem ver cores. O olho humano possui 3 tipos de cones, que respondem à luz azul, verde e vermelha (nos permitindo perceber o espectro de cores que vemos). Cães possuem 2 tipos de cones: verde e azul. As borboletas possuem um pouco mais: 5 tipos. Ou seja, as borboletas percebem cores que nosso cérebro é incapaz de interpretar. Contudo, a lagosta boxeadora possui 16 desses cones. Eu disse 16, DEZESSEIS, XVI, tipos desses fotorreceptores. Provavelmente o cérebro humano ‘bugaria’ com essa variedade de cores.

Lagosta.jpg1
Foto: IG

Tamanho, área de ocorrência e hábitos alimentares
São animais pequenos, medindo entre 15 e 30 cm. Mas já vou alertá-los: tamanho não é documento MESMO! Costumam habitar a costa de mares tropicais e subtropicais, como, por exemplo, a costa oeste da Austrália (bizarro seria se ela NÃO fosse encontrada por lá). Quanto às comidinhas, as lagostas-boxeadoras se alimentam de outros crustáceos, moluscos e peixes.

Agora que já sabemos algumas características fundamentais, vamos falar do que realmente interessa nesse post: o boxe da lagosta ninja.

A lagosta-boxeadora possui duas poderosas patas dianteiras que, quando acionadas, são capazes de impelir um golpe com aceleração equivalente a de um disparo de uma arma do calibre 22 e força de impacto de 60 kg/cm3.  Para se ter uma ideia, o soco dessa maldita é capaz de quebrar as duras carapaças calcificadas dos crustáceos e o vidro dos aquários de água salgada. Ah sim, tudo em menos de 1/3.000 de segundo, OK?! Mas como assim?? É isso mesmo que você leu. Se e um humano pudesse acelerar os braços com 1/10 desse poder, seria possível lançar uma bola de baseball em órbita ao redor da Terra. Vai lá, tenta fazer isso.

lag
Foto: Smithsonian

Além do mais, essa rápida movimentação das patas faz com que a água próxima à lagosta quase alcance o ponto de ebulição. Esse fenômeno hidrodinâmico é conhecido como supercavitação, que é produzido quando um objeto se move a uma grande velocidade em um fluido líquido. Essa água quase fervida ao redor produz bolhas que emitem uma onda de choque. Ou seja, se a maldita errar o alvo a sua presa ainda irá morrer. Dar de cara com esse bicho é o mesmo que dar de cara com a foice!

Os cientistas se interessaram tanto pela lagosta do boxe que estão fazendo estudos para desenvolver armaduras para tropas de combate e para produzir componentes ópticos mais eficientes, como aqueles para leitura de CD e DVD, por exemplo.

Ficou curioso? Leia mais no TopBiologia e no HypeScience.

Sobre Anita Burgan

Anita Burgan é uma bióloga que continua a cada dia mais fascinada com esse mundo que nos cerca. Gosta de escrever sobre aquilo que lê diariamente, principalmente assuntos relacionados à biologia e ao meio ambiente. Fã de uma generosa caneca de café (misturado com água, [estranho hábito que seus amigos reprovam]), de bons livros e de conversas aleatórias. Possui peculiaridades, como medo de louva-a-deus, adoração por pipoca com chocolate, além da capacidade de imitar a Marília Gabriela!

Publicado em julho 7, 2014, em Funny Time e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: